V Semana da Reabilitação Urbana

O Mestrado Integrado em Arquitetura participou na reflexão sobre a cidade de Portimão.

 

Os alunos e professores do Mestrado Integrado em Arquitetura do ISMAT – Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes participaram ativamente na reflexão sobre a mobilidade e acessibilidade nos centros históricos das cidades, a propósito da V Semana da Reabilitação Urbana.

O painel de abertura da V Semana da Reabilitação Urbana contou com a intervenção do Prof. Doutor Luiz Conceição, diretor do Mestrado Integrado em Arquitetura do ISMAT, que abordou a mobilidade urbana, e particularmente, a mobilidade na cidade de Portimão.

Os alunos, orientados pelos docentes Ana Bordalo, Ana Paula Rainha, Clara Gonçalves, Isabel Valverde, Luiz Conceição e Mário da Luz, apresentaram propostas de requalificação da antiga Lota de Portimão e Arco da Barca numa exposição no espaço Café-Concerto do TEMPO.

O diretor do Mestrado Integrado em Arquitetura, Luiz Conceição, escreveu sobre a participação dos alunos e docentes do ISMAT – Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes no evento promovido pela Câmara Municipal de Portimão:

"Há já cinco anos o MIA-ISMAT tem vindo a ser desafiado pela ARU-CM Portimão a participar na reflexão sobre a reabilitação e regeneração de alguns espaços críticos do centro histórico da cidade.

Para o efeito temos envolvido o nosso corpo docente e os nossos alunos e, por vezes, docentes e alunos de outras escolas de Arquitectura, nacionais e estrangeiras em jornadas intensas e intensivas de brainstorming em torno de situações urbanas designadas pelos serviços da ARU. Coube-nos, este ano, uma reflexão em torno da qualificação do território envolvente da antiga central eléctrica, no antigo espaço da lota, agora em vias de ser sujeita a obras de requalificação. Durante duas semanas de reflexão e dois dias de trabalho de grupo intenso, três equipas de estudantes de Arquitectura do MIA-ISMAT (1.º, 2.º e 5.º Anos), orientadas por docentes do curso, puseram-se à obra e apresentaram algumas propostas (...) que reflectem um diálogo entre a imaginação e hipotéticos desejos de devir.

Qualquer das três propostas apresenta uma súmula de ideias susceptíveis de reflexão para futuras intervenções, eventualmente pontuais, sem desígnio integrador definitivo ou determinante.

É esta perspectiva de questionamento do lugar, do que ele gostaria de ser se pudesse ser diferente do que é, se ele pudesse seguir rumos outros abrindo-se a um futuro indeterminado, mas carregado de significado, que aqui se apresenta, sem qualquer tipo de pretensiosismo. Na escola simula-se, para que a realidade apreenda, se assim o entender.

A entrega foi franca, honesta e festiva. A escola aprecia o desafio."

 

A V Semana da Reabilitação Urbana decorreu entre os dias 24 e 25  de Maio de 2019 no TEMPO - Teatro Municipal de Portimão.

 

FOTOGRAFIAS